Neuromarketing: como funciona na prática?

O neuromarketing está amplamente presente em nosso cotidiano. É só
observar suas próprias preferências a certos produtos/serviços e como eles
remetem a bons momentos vividos.


Definição de neuromarketing


O conceito surgiu nos anos 90, a partir de pesquisadores americanos, que
tiveram a ideia de usar aparelhos de ressonância magnética direcionados ao marketing. Mas só se popularizou no século XXI, como área de estudo que aplica a neurociência como forma de entender o comportamento do indivíduo e usar isso em favor das vendas e posicionamento de marca.


Impactos do neuromarketing para o seu negócio


Estudo de padrões de comportamento


Por meio do neuromarketing é possível saber se determinado produto vende, qual ação de marketing chama mais atenção do seu público. Por meio da Big Data é possível reunir dados que mostrem os padrões de comportamento do cliente, desde a faixa de valor que o cliente está disposto a pagar até mesmo as novidades que os consumidores esperam.


Conhecimento do público-alvo


Os dados captados com o auxílio do neuromarketing são muitos. Por meio
dessa técnica é possível entender a faixa etária dos consumidores, bem como, a classe social, dados psicográficos, estilo de vida, hábitos, entre outros.


Identificação de sazonalidade


Usando o neuromarketing é possível prever inclusive o comportamento de
sazonalidade dos consumidores, facilitando a tomada de decisões sobre o
estoque a fim de evitar desperdícios, além de identificar ações que ajudem a promover os produtos até e serviços.

Como aplicar o neuromarketing

  • Mostre outras pessoas usando seus produtos ou serviços. Isso cria
    identificação no consumidor. Trata-se da técnica chamada de neurônio espelho em que o cérebro do consumidor é inconscientemente despertado a imitar o outro.
  • Use as cores ao seu favor, pois elas tem impacto sobre o cérebro e ajudam a conquistar os objetivos de marketing. Uma marca focada no segmento de luxo, por exemplo, costuma usar a cor preta, pois o tom sugere mistério, nobreza e sofisticação.
  • Estímulos sensoriais também são interessantes. As marcas de roupas Shoulder e Farm, por exemplo, usam uma fragrância específica dentro das lojas. Sempre que alguém que conhece a marca sente aquele cheiro, associa com uma experiência marcante para aquele consumidor.

A IAN Vendas Estratégicas pode te ajudar a implementar o neuromarketing em seu negócio.


O neuromarketing é uma ferramenta de ouro que causam impactos positivos na percepção de marca e vendas ao mesmo tempo.

Conte com a IAN Vendas Estratégicas para te ajudar a implementar essa estratégia no seu negócio. Clique aqui e fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar uma conversa
1
Vamos conversar?
Olá, posso te ajudar?